Controle de Processos

Usuário
Senha

Notícias

22/09/2021 - 19h22Juízes convocados entram em exercício como desembargadoresMagistrados irão integrar 13ª e a 16ª Câmaras Cíveis

Diversos desembargadores do TJMG prestigiaram a cerimônia de assinatura do termo de entrada em exercício dos juízes convocados para aturarem como desembargadores ( Crédito : Riva Moreira/TJMG ) O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, conduziu, nesta quarta-feira (22/9), a cerimônia de assinatura do termo de exercício dos magistrados Marco Antônio de Melo e Maria Lúcia Cabral Caruso, como juízes convocados para atuarem como desembargadores. Os juízes convocados irão integrar a 13ª e 16ª Câmaras Cíveis, respectivamente. O juiz convocado Marco Antônio de Melo responde ainda pela 18ª Vara Cível de Belo Horizonte e a juíza convocada Maria Lúcia Caruso, pela 2ª Vara de Sucessões e Ausência, também da capital.  Os dois assumem as vagas deixadas pelos desembargadores Alberto Henrique, na 13ª Câmara Cível, e Otávio Portes, na 16ª Câmara Cível, em razão de suas aposentadorias. Presidente Gilson Lemes assina o termo de entrada em exercício da juíza convocada Maria Lúcia Caruso e do juiz convocado Marco Antônio de Melo  ( Crédito : Riva Moreira/TJMG ) O presidente Gilson Soares Lemes deu as boas vindas aos magistrados: “Os juízes convocados para aturarem como desembargadores na 13ª e na 16ª Câmaras Cíveis possuem grande experiência na magistratura e irão contribuir com seu trabalho para agregar novos valores ao TJMG”. O juiz convocado Marco Antônio de Melo expressou o desejo de contribuir para a prestação jurisdicional da 2ª Instância, dando continuidade ao bom trabalho prestado pelo antecessor. “Pretendo, com todo meu esforço, contribuir para a elevar ainda mais o nome do Tribunal de Justiça de Minas no cenário do Judiciário de nosso país”. A juíza convocada Maria Lúcia Cabral Caruso disse que será um grande aprendizado prestar serviço ao Tribunal de Justiça. “É uma honra estar aqui, diante dessa nova estrada que se descortina. Considero como um coroamento à minha carreira”. Trajetórias O juiz Marco Antônio de Melo é graduado pela Faculdade de Direito de Conselheiro Lafaiete e tem 26 anos de exercício na magistratura. Além da capital, o magistrado atuou como juiz de direito nas comarcas de Malacacheta, Coronel Fabriciano, Nanuque e Santa Luzia. Antes de Belo Horizonte, a juíza convocada Maria Lúcia Caruso, com 28 anos de magistratura, atuou nas comarcas de Palma, Leopoldina, Nova Era, Muriaé e Juiz de Fora. Presidente Gilson Lemes entre o juiz Marco Antônio de Melo, que irá atuar como desembargador na 13a Câmara Cível, e a juíza Maria Lúcia Caruso, convocada para a 16a Câmara Cível do TJMG ( Crédito : Riva Moreira/TJMG ) Presenças Também estiveram presentes na solenidade, realizada no Gabinete da Presidência do TJMG, o presidente da 13ª Câmara Cível do TJMG, desembargador Luiz Carlos Gomes da Mata; o presidente da 16ª Câmara Cível, desembargador Ramon Tácio de Oliveira; os desembargadores Valéria Rodrigues Queiroz; José Arthur Filho, Rogério Medeiros Garcia de Lima, Wanderley Salgado de Paiva, Henrique Abi-Ackel, José Marcos Rodrigues Vieira e José de Carvalho Barbosa; e a juíza convocada, que atua como desembargadora, Maria das Graças Rocha Santos; além do esposo da juíza Maria Lúcia Cabral Caruso, Rodolfo Alves Caruso.  
22/09/2021 (00:00)
Visitas no site:  963395
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia