Controle de Processos

Usuário
Senha

Notícias

20/11/2020 - 17h11Presidente recebe informações sobre as ApacsDireção da Fbac e Programa Novos Rumos traçam um raio x das unidades em funcionamento do Estado.

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Gilson Soares Lemes, se reuniu no final da manhã de sexta-feira, 20/11, com o coordenador executivo do Programa Novos Rumos, juiz Luiz Carlos Rezende e Santos e com o diretor executivo da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC), Valdeci  Antônio Ferreira. Foram repassadas ao presidente informações detalhadas sobre as 39 Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (Apacs) em Minas Gerais e os projetos para construção de novas unidades.   O juiz Luiz Carlos Rezende e Santos traçou uma radiografia das Apacs em atividade   Também participaram da reunião, o coordenador geral do Programa Novos Rumos, desembargador Antônio Armando dos Anjos; o diretor de Gestão e Controle da Febac, Ari de Jesus; e o diretor de Metodologia, também da Febac, Roberto Donizete. O juiz Luiz Carlos Rezende e Santos traçou uma radiografia das Apacs em atividade e ainda das verbas repassadas pelo Corte Mineira através das prestações pecuniárias. O magistrado também falou sobre a situação das unidades em construção ou reforma.   O presidente Gilson Lemes disse que a reunião foi de grande importância para que os representantes da Fbac e do Programa Novos Rumos pudessem apresentar à Presidência a real e atual situação das unidades em funcionamento. Gilson Lemes lembrou que, em sua gestão, as Apacs terão sempre atenção especial principalmente por apresentarem índices de reincidência muito baixos, se comparado com o sistema prisional comum. O chefe do Poder Judiciário lembrou que Minas Gerais se destaca, nacionalmente, por ter instaladas 39 unidades das 59 Apacs em todo o país. Na próxima semana, o presidente Gilson Lemes, inaugura a 40ª Apac, na comarca de Visconde do Rio Branco.  “Ao final da nossa gestão esperamos ter ainda mais Apacs no Estado, para que os apenados possam ter um tratamento mais humanizado e a possibilidade de regressar à sociedade”, completou. O coordenador executivo do Programa Novos Rumos, juiz Luiz Carlos Rezende e Santos disse que o movimento das Apacs continua crescendo, consolidando, aumentando vagas e também quer estudar a possibilidade de novos investimentos ainda na sua gestão.  
20/11/2020 (00:00)
Visitas no site:  627895
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia