Controle de Processos

Usuário
Senha

Notícias

Justiça Federal e OAB realizam programação para as crianças

Parceria com OAB/AL resultou na entrega de presentes e lanches     As crianças de famílias em vulnerabilidade social, que buscam o Benefício de Prestação Continuada (BPC) contaram com uma programação diferente na tarde desta quarta-feira, 13, na Justiça Federal em Alagoas (JFAL). Pelo menos 30 crianças, de até 12 anos de idade, receberam brinquedos de presente após se submeterem à perícia médica. A ação é fruto de uma parceria entre a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL) e os Juizados Especiais Federais. O resultado foi um misto de surpresa, alegria e de agradecimento.     Além dos brinquedos, também foram distribuídos lanches, que atenuaram a fome das crianças e de seus acompanhantes. Foi o caso de Verlidiana de Melo Santos. Mãe de Ederlânia Kesley dos Santos, de 2 anos de idade, que sofre com problemas renais, ela disse que o lanche foi o primeiro alimento da criança nesta quarta-feira. “Não sabia que seria recebida assim hoje. Fiquei muito feliz porque ela recebeu o lanchinho; a primeira refeição dela hoje e, também, porque não tenho condições de comprar uma lembrancinha pra ela no Dia das Crianças”, relatou Verlidiana, com os olhos marejados.     Quem também ficou surpresa com o presente entregue pelos juízes federais Antônio Araújo e Felini Wanderley e advogados foi Maria Cícera dos Santos, mãe de Ana Vitória, de 10 anos. Ela pede o BPC para a criança por deficiência física. “Foi uma surpresa muito boa. Agradeço muito”, resumiu.     O juiz federal Antônio Araújo ressaltou o caráter humanizador da Justiça.”É um ato significativo para a criança. Ela não tem noção do que está fazendo no prédio, mas o familiar tem. E atender as crianças com um carinho especial atenua o sofrimento de quem tanto precisa”, resumiu o magistrado, ao lado do também juiz Felini Wanderley.     Ao lado do presidente da OAB/AL, Nivaldo Barbosa, o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da entidade, Elias Ferreira, disse que a advocacia se junta ao trabalho da JFAL por entender a importância do trabalho de aproximação do Judiciário com a população. Outra integrante da comissão, a advogada Danyelle Godoy destacou a celeridade com que os prazos relativos aos processos de solicitação de benefício social estão sendo cumpridos na Justiça Federal.     Danyelle ainda concordou que a ação de se aproximar Judiciário e jurisdicionado é extremamente importante. O também advogado Flávio Gilberto Farias participou da ação realizada pela JFAL pela primeira vez em 2019. “Nós, advogados, ficamos satisfeitos porque o Juizados Federal em Alagoas é célere e os índices do CNJ comprovam isso. E esse trabalho é fundamental para essa aproximação com quem necessita”, resumiu.      O procurador da Advocacia Geral da União (AGU), João de Deus Benício, viu na ação da advocacia uma oportunidade de oferecer um dia diferente para as crianças que buscam atendimento. E parabenizou a união entre os advogados e o Judiciário.     Além dos presentes, escolhidos de forma a atender a meninos e meninas, também foram servidos lanches, que foram entregues inpidualizados, em virtude da pandemia da Covid, acompanhado de suco ou refrigerante em lata. Delane Barros / Ascom JFAL
14/10/2021 (00:00)
Visitas no site:  963396
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia